menu

Image Map

04 março 2014

O Guia do Cabelo Sedoso Parte I


Em meio a tanta folia, carnaval, felicidade etc etc... Preferi fugir um pouco desse clima e responder a pergunta de muitas garotas aqui no blog. Eu pintei meu cabelo no mês passado, mostrei nesse post e recentemente, foi minha irmã quem aderiu cores diferentes nas madeixas, você confere clicando aqui. E a maioria dos comentários que eu recebi, foi questionamentos sobre o depois. Se resseca muito, quais são os cuidados, gente com medo de pintar pra não danificar o cabelo e por aí vai... Resolvi então criar o guia do cabelo sedoso e mostrar pra vocês como cuidar do cabelo antes, durante e depois de algum tratamento químico como a tintura. Não é muito difícil, vai acabar com todas as dúvidas e você não vai precisar hesitar antes de pintar o cabelo da cor que quiser!

Vou começar então com o "antes". Se você está com medo de pintar o cabelo, certamente, seu cabelo é virgem. Pra quem não sabe, cabelo virgem é aquele que desconhece qualquer tratamento químico. É uma pessoa que nunca fez NADA no cabelo que envolvesse progressivas, relaxamentos, tinturas etc etc. Para começar a se aventurar no mundo colorido, você vai precisar de coragem, presumo eu. Mas, tenho uma boa notícia pra você, minha amiga natural, pra você é MUITO mais fácil!

Nosso cabelo, precisa de três tratamentos diferentes: hidratação, nutrição e reconstrução. Pra quem acha que estou falando grego, vamos entender:

Hidratação: Serve para repor a água do cabelo.
Como identificar se meu cabelo precisa de hidratação? Se seu cabelo estiver ressecado, significa que ele está precisando ser hidratado. Sabe aquele efeito que, quando você molha ele fica maravilhoso mas basta ele secar que parece uma vassourinha? Hidratação nele.

Nutrição: Repõe os nutrientes e a oleosidade natural do cabelo.
Como identificar se meu cabelo precisa de nutrição? Normalmente o cabelo fica poroso, ou seja, ele perde a forma, fica espigado, quando você molha fica elástico, quebradiço e sem vida.

Reconstrução: Repões as proteínas do cabelo.
Como identificar se meu cabelo precisa de reconstrução? Sabe quando o cabelo, mesmo molhado, continua espigado? Aquele feito palha mesmo e tudo isso devido a procedimentos químicos ou exposição ao sol, chapinha e escova.

Com base nisso, existe uma tabelinha que se chama cronograma capilar. Que é nada mais que uma rotina de cuidado com os cabelos. Do mesmo jeito que você tem com a pele, ou qualquer outra coisa.

Mas onde quero chegar com isso? Se você quer pintar o cabelo pela primeira vez e tem medo, é melhor que comece com ele bem saudável para evitar dores de cabeça. Com o cronograma você evita que ele fique quebradiço (você odiaria) e você pode ter qualquer cor que quiser nos fios! Duvida? Lanço-lhes o desafio! Abaixo, eu e minha irmã montamos um cronograma capilar básico. Façam ele durante um mês e, se não obtiverem resultado, devolvemos seu dinheiro hahaha.

Lembrando que o que fizemos foi pensando nos cabelos virgens e suas necessidades. Se não for o seu caso, adicione mais reconstrução. 

O cronograma "dura" um mês e depois que acabar, repita até achar que sua necessidade é outra. Coloquei ali "dia 1, 2 e 3" e você pode intercalar entre segunda, quarta e sexta ou o que achar melhor.

Mas você deve estar se perguntando: "tá, como faço isso? O que usar?" não se preocupe, fiz o guia do cabelo sedoso para isso! Fiz uma lista com os produtos baratinhos (porém, ótimos) que você pode usar para cada caso.

1. Hidratação:



2. Nutrição:

3. Reconstrução:

Termino a primeira parte por aqui até porque o post já está bem grande e ninguém tem paciência pra ler tudo. Esse post é o básico do básico. Virão muitas partes por aí! Qualquer dúvida, sugestão e crítica (construtiva) deixem um comentário!
Beijão,